Como um Diário (2ª edição)

143 páginas | 2013

12 euros


da Introdução:

«O pe. José dos Santos Calmeiro Matias era Missionário Redentorista, como eu. Quando entrei na Congregação, foi-lhe confiada a tarefa da minha Formação. Eu tinha 19 anos. Ele tinha 56. Abriu-me as portas do seu mundo, da sua história e da sua fé, e eu percebi que aquele homem só se explicava a si mesmo dentro de uma enorme paixão por Jesus de Nazaré. Deu-me à luz para uma experiência libertadora da Fé e para a Esperança que vence todo o medo e amou-me como filho. Passaram-se 13 anos num instantinho. E depois a despedida teve que ser rápida. Um agravamento galopante de um problema oncológico fez-nos passar juntos os últimos dois meses antes da sua Páscoa.


Foi aí que nasceu isto… como um Diário que partilho por ser um Dom que eu mesmo recebi: a Fé na Esperança do Evangelho e a garantia dada por Deus de que o Amor é para sempre.


Rui Santiago»


2 comentários:

  1. Tantas vezes falei de Fé, Amor e Esperança e só aos 32 anos é que percebi na perfeição o que significavam... já imensos livros passaram pelas minhas mãos e com eles fui crescendo... mas sem dúvida que este teve um boommm muito forte...sem dúvida o "meu best-seller". Mas depois de o RELER apenas tenho a dizer:
    GOSTO MUITO DE TI Pe. RUI e és uma PESSOA MUITO BONITA.....

    ResponderEliminar